Em 19 de dezembro de 2008, Steven R. Covey escreveu em um blog sobre envelhecer: “Tenho agora 76 anos e poderia me aposentar facilmente. Mas eu não estou aposentado e não pretendo me aposentar. Eu não acredito em aposentadoria. As pessoas me perguntam o porquê. É simples. Eu tenho um lema de vida: viver a vida crescendo.”

Esta semana, meu amigo Randal Wright deu 11 palestras na BYU Education Week 2018. Conheci Wright como conselheiro da EFY em Illinois em 2011 e ele continua sendo um mentor e amigo. Fiquei intrigado ao ver que ele estaria dando 11 aulas com o mesmo título “Viver a vida crescendo”.

antimormon

Eu não estava familiarizado com a citação de Steven R. Covey, então quando me encontrei com Wright na tarde de quarta-feira, perguntei o que inspirou esse tema. Depois de deixar claro que este era um conceito de Steven Covey que ele usou com permissão, Wright explicou sua motivação para deixar a citação guiar seu ensino:

“Acho que muitas pessoas se desligam com o tempo, especialmente quando chegam à idade da aposentadoria. Muitos santos dos últimos dias saem em missões, mas há tantos na sociedade que se aposentam, vão para a praça jogar dominó. E você pensa: “Na época em que você é mais experiente? Agora você tem mais sabedoria, mais conhecimento. Por que se desligar?”, disse Wright. “E é por isso que gosto do lema do Covey de viver a vida crescendo.”

Wright explicou que quando você olha para os líderes da Igreja, percebe que, ao envelhecer, em vez de desacelerar, eles geralmente aceleram. Ele cita o ex-presidente da Igreja Gordon B. Hinckley como um exemplo.

“Quando você pensa sobre o que ele realizou você leva em conta as coisas pelas quais ele está conectado? O Centro de Conferências, o templo de Nauvoo, o templo de Palmyra, todos os pequenos templos em todo o país e no mundo, diversas coisas no trabalho missionário. Você começa a pensar sobre isso e diz: ‘Quando ele começou a fazer todas essas coisas? ? Ah, depois dos 85 anos, ”Wright disse. “A maioria do que ele conquistou foi conquistado após os 85 anos.”

Motivado pelo desejo de melhorar a si mesmo, Wright falou sobre uma variedade de tópicos que ele acredita que levariam a viver a vida crescendo. Os tópicos incluíam sair da sua zona de conforto, estabelecer hábitos diários, construir relacionamentos pessoais e superar o medo de falar em público.

Aqueles que assistiram às aulas de Wright no passado sabem que ele é apaixonado por registrar as suas experiências da vida. Ele acredita que isso é um problema em nossa sociedade:

“Eu diria que a maioria das pessoas não está progredindo ao longo do tempo e acho que um dos problemas é que elas não estão gravando [suas experiências de vida]. Simples assim”, disse ele.

Ele acredita que é nossa responsabilidade transmitir à nossa posteridade as lições que aprendemos da vida para que eles não precisem reaprendê-las. No entanto, ele diz que essas lições também são para nós. Se não identificamos essas experiências, deixamos de nos beneficiar delas.

Em uma de suas aulas, Wright citou o autor James Allen, que disse:

“A vida é uma série de lições. Alguns são diligentes em aprendê-las e eles tornam-se puros, sábios e completamente felizes. Outros são negligentes e não aplicam nada. Eles permanecem impuros, tolos e infelizes ”.

Ele também citou o Élder Richard G. Scott, que disse:

“Compartilharei um princípio que, se for compreendido e aplicado de forma consistente, trará enormes bênçãos por toda a vida. Não é difícil para mim explicar, nem para você entender. No entanto, exigirá de você um esforço significativo e determinado para alcançar todo o seu potencial. Com isso, você pode aprender verdades vitais que lhe trarão felicidade maior e duradoura e tornarão sua vida mais produtiva e significativa:

  1. Eu me esforçarei consistentemente para aprender com o que ouço, vejo, e sinto.
  2. Eu escreverei as coisas importantes que aprendo, eu eu as farei.”

Wright claramente confia nessas promessas. Ele registrou mais de 5.000 experiências pessoais de sua própria vida.

Fonte: LDSLiving

Relacionado:

5 Razões Pelas Quais Você Deve Manter um Diário Pessoal