No dia 23 de julho, a Irmã Joy D. Jones, presidente geral da Primária, pediu aos formandos da Brigham Young University-Idaho para serem “empreendedores espirituais”.

Ao falar na cerimônia de formatura da universidade, a Irmã Jones compartilhou uma história já contada pelo Presidente Dallin H. Oaks. Ele pediu a um dos membros mais antigos do Quórum dos Doze Apóstolos para ler um texto que ele havia escrito e depois dar sua opinião sobre o mesmo. O feedback dado foi escrito na parte de cima da página: “E agora?”

“Enquanto vocês, os formandos, estão sentados aqui”, disse a Irmã Jones, “vocês podem estar se fazendo uma pergunta parecida, ‘E agora?’ Você acabou de passar anos adquirindo conhecimento e informação. Qual é a conclusão desse aprendizado e o que você fará a seguir?”

Ela convidou os formandos a considerarem todas as possibilidades que estão diante deles, enfatizando que devem prestar uma atenção especial ao que o Senhor colocará em seus caminhos. Ela, então, comparou cada um deles a um empreendedor de mente aberta, pronto para usar suas novas habilidades acompanhada de imaginação, criatividade e trabalho duro.

“Muitas vezes ouvimos a expressão ‘espírito empreendedor’”, disse a Irmã Jones. “Eu gostaria de mudar a ordem das palavras e falar hoje sobre ser um ’empreendedor espiritual’”.

A Irmã Jones disse que os estudantes se comprometeram a estudar “empreendedorismo espiritual” quando escolheram estudar na BYU-Idaho. As lições que os alunos aprendem na faculdade simplesmente não resultam em um diploma ganho, mas em um conhecimento que continuará crescendo com eles eternamente.

Ela então delineou seis características dos empreendedores para os ajudarem a traçar paralelos com um empreendedor espiritual.

1 – Entusiasmo

“Entre todas as definições de empreendedores, um dos principais traços é o entusiasmo”, disse ela. “Os empresários são animados e até mesmo apaixonados pelo que acreditam. Então, eu pergunto a vocês agora: você está empolgado com o evangelho de Jesus Cristo e com seu relacionamento pessoal com o Pai Celestial e Seu Filho? ”

Pensando em Amon no Livro de Mórmon, ela contou a história sobre como seu irmão Aarão o repreendeu por sua empolgação em seu sucesso em ensinar o evangelho aos lamanitas. A resposta de Amon mostra seu entusiasmo pelo evangelho e serviço a Deus. Em Alma 26: 11-12, diz: “Não me vanglorio de minha própria força, […] mas gloriar-me-ei em meu Deus, porque com sua força posso fazer todas as coisas”.

“Você pode sentir o entusiasmo de Amon, o testemunho que ele tinha sobre seu objetivo de trazer almas à Cristo e seu humilde reconhecimento de sua dependência de seu Salvador?” A Irmã Jones perguntou.

A Irmã Jones disse que, por causa de sua paixão, os empreendedores espirituais estão cheios de otimismo e não são pegos cochilando espiritualmente. Eles não viverão com medo, mas estarão cheios de poder enquanto se preparam para o retorno do Salvador.

2 – Visão

“Outra característica comum entre os empreendedores é a visão”, disse a Irmã Jones. “Eles vêem possibilidades. Eles vêem potencial. Eles usam a visão como um auxílio para superar obstáculos e resistir em momentos difíceis.”

Usando Leí como sua referência das escrituras, ela disse que sua família o acusou de ser um “homem visionário”. Como o Espírito Santo o influenciou para ver o que ninguém mais poderia ver, ele se tornou um instrumento importante nas mãos de Deus para liderar e dirigir sua família.

Citando o Elder Tad. R. Callister, ela disse, “Será que o Deus que você e eu conhecemos plantaria a visão e o desejo de divindade na alma de um homem e então o frustraria em sua habilidade de alcançá-lo? … Por que é tão crítico ter uma visão correta desse destino divino? Porque com o aumento da visão, surge uma motivação crescente. ”

católico

3 – Coragem

“Os empreendedores são ousados e corajosos”, disse a Irmã Jones. Os empreendedores estão “dispostos a fazer o que outras pessoas não querem fazer, de modo que, no fim, ele ou ela possa fazer o que os outros não podem fazer”.

A Irmã Jones disse que a disposição de ser ousado poderia levar à capacidade de realizar coisas que os outros não podem fazer de maneira espiritual. Ao fazer sacrifícios como trocar tempo que você usaria para assistir TV ou percorrer as mídias sociais, ou aumentar sua oferta de jejum, os filhos de Deus crescerão e serão conduzidos a uma terra da promissão.

“Você está pronto para o desafio espiritual?” A Irmã Jones perguntou.

últimas mensagens do profeta

4 – Buscar excelentes mentores

Os empreendedores procuram excelentes mentores, estudam tudo sobre essas pessoas e passam tempo com eles para se tornarem mais parecidos com eles.

A Irmã Jones disse:

“Como empreendedores espirituais, a quem você pode recorrer para receber uma excelente orientação e instrução? O Élder Neal A. Maxwell ensinou: ‘Jesus instrui e orienta Seus discípulos e seguidores’. Se precisa de alguém para se conectar, o Salvador não seria a escolha perfeita?”

O Senhor orienta os Santos dos Últimos Dias de muitas maneiras, disse a Irmã Jones, especialmente por meio dos membros em Sua Igreja. Os chamados são uma das formas pelas quais Ele nos orienta. À medida que as pessoas cumprem seus chamados, muitas vezes fazendo coisas fora de sua zona de conforto, elas se humilham e confiam mais plenamente no Senhor.

5 – Progresso constante

“Os melhores empresários investem em si mesmos e em seu potencial ao progredir constantemente”, disse a Irmã Jones. “Nosso desejo de mudar deve ser maior que o nosso desejo de permanecer na mesma. E devemos nos lembrar de que todos os dias são os melhores dias para a sua atualização espiritual ”.

Depois de compartilhar que até 70% dos atletas infantis abandonaram o esporte antes dos 13 anos, ela falou sobre a diferença entre confiar no talento e no desejo de melhorar. Atletas profissionais colocam sangue, suor e lágrimas para continuarem em seu nível. Os atletas mais talentosos podem ser apenas espectadores, por não trabalharem para melhorar constantemente seus talentos.

“Então, como o empreendedor espiritual, irmãos e irmãs, continuem até o fim”, disse ela. “O potencial é frequentemente descoberto através de trabalho e esforço. A recompensa virá para aqueles que “suportam bem”.

6 – Disciplina

“Disciplina gera determinação”, disse a irmã Jones. “Este é um traço divino que encontramos no livro de Abraão: ‘e nada há que o Senhor teu Deus se proponha a fazer que não faça’.

Ela compartilhou que quando ela e seu marido se casaram, eles inscreveram “ORDDON” no interior de suas alianças. Esta é a sigla para o lema da vida do Presidente John Taylor: “O reino de Deus ou nada.”

Os empreendedores espirituais não podem simplesmente ver o evangelho de Jesus Cristo como um “negócio paralelo”, enfatizou a Irmã Jones. Eles têm que colocar todo o seu coração e alma em busca do reino de Deus.

“E no final das contas, é a decisão mais importante nos ‘negócios’ da sua vida”, concluiu ela. “Eu sei que vocês continuarão progredindo e farão muitas coisas boas em suas profissões, em suas famílias e na construção do reino de Deus na terra … Testifico que, colocando o Senhor em primeiro lugar em nossas vidas, todas as coisas acabarão se encaixando.”

falará

Arte de Yongsung Kim

Elder Kim B. Clark

O Elder Kim B. Clark, um Setenta Autoridade Geral e ex-Presidente da Brigham Young University – Idaho, compartilhou memórias do processo de construção da BYU-Idaho Center e princípios para serem vividos.

“Eu acredito que a melhor maneira de manter o mundo fora do seu coração é manter o Espírito Santo nele”, disse. “Se você viver as verdades claras e simples do evangelho, o Espírito Santo será seu companheiro. Ele te guiará, te protegerá, te advertirá e te abençoará. ”

Ele ensinou que, se as pessoas mantiverem o Espírito Santo em seus corações, o Senhor as usará em Seu reino

“Quando escutarem esses sussurros, por favor, ajam de acordo com o que eles dizem”, disse. “Você será a resposta para a oração de um bispo, uma mãe, alguém a quem você ministra, alguém no trabalho ou até mesmo um de seus próprios filhos.”

Henry J. Eyring

O Presidente da BYU-Idaho, Henry J. Eyring, também parabenizou os alunos e compartilhou palavras de sabedoria que os encorajarão à medida que experimentarem as mudanças que estão por vir.

“As mudanças que ocorrem em suas vidas podem ser uma fonte de crescimento pessoal e de perspectiva, que estão focadas nas verdades eternas que nunca mudam”, disse o Presidente Eyring.

Com fé no plano do Pai Celestial, na Expiação do Salvador e na orientação do Espírito Santo, vocês cumprirão as profecias que foram feitas a vocês nessa instituição inspirada. Vocês elevarão as pessoas com quem vocês conversam, inspirando-as a ser mais destemidas. E vocês desempenharão papéis fundamentais em sua casa e na Igreja, preparando-se para o retorno do Salvador e o início de Seu reinado milenar ”.

Fonte: Church News

Relacionado:

Élder Corbridge: O que os santos dos últimos dias devem aprender com os pioneiros