Élder Andersen: “Sairemos desta dificuldade como pessoas melhores” | COVID-19

Já é de conhecimento que a pandemia da COVID-19 está afetando a saúde física, emocional e financeira de todo o mundo. E em meio a tantos desafios, o Élder Neil A. Andersen fala sobre a importância de não deixar o Coronavírus afetar nossa saúde espiritual. 

Este é um momento único, em que podemos usar do tempo que temos e do ritmo um pouco menos acelerado em nossas vidas para ponderar e analisar sobre nossas vidas. Um momento para nos colocarmos de joelhos e humildemente conversar com o Senhor sobre nossa situação, sentimentos e escolhas. 

O Élder Andersen disse que esta vida é um tempo para nos tornamos mais como Cristo e não para somente para deixar os momentos entrarem e saírem de nossas vidas. Se continuarmos fazendo a nossa parte com humildade e esperança, o bençãos compensatórias nos serão derramadas pela mão do Senhor. 

O Senhor sabia que a COVID-19 viria a existir e que ela afetaria o mundo inteiro, então não foi uma surpresa para Ele. “Ele a usará para alcançar Seus propósitos”, disse Élder Andersen. 

Durante esta época, podemos aprender muito sobre nós mesmos e como o Senhor fala conosco. “Podemos passar mais tempo de joelhos e ver que o Senhor nos ensinará”, disse. Ao orarmos sobre as aflições causadas pelo Coronavírus, nos tornamos mais humildes e chegamos a aprender algo específico com esta situação.

Uma benção compensatória que já estamos recebendo, segundo o Élder Andersen, é a mudança de ritmo em nosso dia-a-dia. A nossa programação diária que era tão corrida, cheia de tantos afazeres agora se tornou mais tranquila, e é isso que nos propiciará mais tempo para pensar e sentir a paz oriunda do Espírito Santo.

Imagem: Church News

“A nutrição espiritual que é buscada pelos seguidores fiéis e humildes do Salvador virá quando estiverem em paz, calma e contemplação”.

O Élder Andersen também compartilhou algumas coisas que ele mesmo aprendeu durante a quarentena do Coronavírus. A primeira coisa foi o seu amor por sua esposa Kathy, pois ao ver seu exemplo durante esses meses, o Élder Andersen pôde ver como ela está sempre disposta a servir e como ela o ajuda sempre.

A segunda coisa que ele aprendeu foi sobre a necessidade de testificar sobre Cristo para sua família. Mesmo que ele faça isso sempre, o Élder Andersen sentiu que deveria compartilhar seu amor pelo Salvador com seus filhos e netos.

Imagem: Church News

A terceira coisa foi a compreensão e empatia por aqueles que possuem dificuldades físicas e emocionais, e que passam por isso todos os dias. Durante o mês de março, o Élder Andersen se recuperou de uma cirurgia no ombro e isso o fez pensar sobre essas pessoas. E ao mesmo tempo, ele se tornou mais grato aos Irmãos da Primeira Presidência e Quórum dos Doze Apóstolos e às pessoas de fé e boas de coração.

Esta é uma situação temporária, e assim como disse o Élder Andersen, “Logo estaremos de volta aos templos. Missionários voltarão às suas designações. Nós voltaremos a nos reunir em congregação e aproveitaremos da companhia uns dos outros.”

templo

Podemos aproveitar o tempo que temos para nos tornarmos pessoas melhores, mais fiéis ao Senhor, mais fervorosos em nossas orações, mais sensíveis ao Espírito, mais prontos a ajudar a quem ministramos e mais gratos à Jesus Cristo – por tudo o que Ele fez e faz por cada um de nós.

“Sairemos desta dificuldade como pessoas melhores, mais fortes e mais devotas a Jesus Cristo e Sua obra eterna”, disse Élder Andersen.

Fonte: Church News

Relacionado:

Redes sociais: Nossos líderes nos convidam a confiar em Deus e em Suas promessas

| Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *