Ela fazia parte da equipe da NASA, mas escolheu servir ao Senhor

John e Michelle Wright Amos são conversos a Igreja. Michelle cresceu na igreja Batista, mas foi uma entre os 13 membros de sua família que foram batizados na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias em 21 de janeiro de 1979, de acordo com o website New Orleans Advocate.

Um tempo depois ela apresentou a Igreja a seu amigo, John Amos ao perguntar se ele queria participar de uma atividade com ela. John foi criado dentro da religião Católica, mas se interessou em aprender mais.

Ele passou seu último ano na Southern University aprendendo sobre a Igreja e no final daquele ano, sentiu que havia recebido um testemunho sobre a veracidade do evangelho. Ele e Michelle se casaram em 1990.

O casal fez grandes sacrifícios para servir uma missão. Por causa de seu desejo de servir com seu esposo na Missão Louisiana Baton Rouge, Michelle até perdeu o que talvez seja um dos momentos mais importantes de sua carreira na NASA, quando sua equipe foi responsável por enviar um rover ao planeta Marte.

Eles começaram a servir no início de julho e o rover foi lançado no dia 30 de julho de 2020.

“Foi emocionante. Eu consegui assistir no NASA Live, mas se ainda estivesse trabalhando no Kennedy Center, eu estaria lá no lançamento e trabalhando com algumas das pessoas que trabalharam naquele rover,” disse Michelle.

Agora, o casal preside 226 jovens missionários. Eles já tiveram maravilhosas oportunidade de servir ao próximo em seus primeiros meses de serviço na missão em Baton Rouge, ao ajudarem a comunidade a se recuperar de um furacão.

O Presidente Amos também falou sobre os esforços da Igreja para trabalhar junto ao NAACP para melhorar as relações raciais, já que os negros representam apenas 6 por cento dos 16 milhões de membros da Igreja em todo o mundo, mas disse que não vê a raça como um problema do cotidiano na Igreja.

“É claro, a cultura é diferente comparada a cultura que tivemos na juventude dentro da igreja e da comunidade predominantemente afro-americana de nossas famílias, mas como cristãos nosso foco de servir a Deus e crescer espiritualmente não foram impactados por causa de nossa raça,” disse o Presidente Amos. Sua esposa disse que sente falta da “boa música soul gospel”.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

Veja o que este missionário fez para compartilhar o evangelho em meio à pandemia

 

| Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *