“Só os tolos sabem tudo. Os sábios aprendem todo dia.”

Um comportamento disposto a aprender, um coração disposto a perdoar, uma mente voltada a ajudar o próximo, tudo isso nos faz mais humilde.

No entanto, Deus tem o maior poder de cura quando nos faz humildes. Primeiro, Ele vem sutilmente trabalhando a humildade em nós e quando menos percebemos estamos curados de nossas mazelas espirituais.

Não é fácil ser corrigido, não é fácil ter um coração quebrantado e um espírito contrito, mas a medida que trabalhamos junto com Deus, Ele nos cura e nos faz humildes.

Em muitas situações em nossas vidas, fomos testados de diversas formas. Fomos levados a ocasiões inimagináveis, onde somente Deus poderia nos ajudar. Sua cura e a força que nos dá são realmente impressionantes.

Quando nos tornamos mais humildes, somos curados. E quanto mais curados somos, mais humildade trazemos dentro de nós. Somos curados de nosso ego, de nosso egoísmo, de nosso egocentrismo, de nossa ganância, de nossa desobediência e de tantos outros pontos negativos. Ele vem ao nosso encontro, pois anseia nos ajudar, a fim de que possamos nos tornar cada vez mais, semelhantes a Ele.

A humildade nos cura de muitos males e nos faz ver todos ao nosso redor com mais empatia e amor. Faz-nos perceber que somos todos irmãos em busca da luz, que é Cristo. A humildade nos faz pessoas que buscam os interesses do reino e não somente os nossos próprios interesses. A humildade nos coloca em uma posição de pequenez e nos faz perceber o quão pequeno somos diante da vastidão existente.

A humildade ainda, nos coloca em um estado de aprendizado, pois começamos a compreender que tudo que sabemos ainda é muito pouco, perto de tudo que podemos aprender um dia.

Através também da humildade, compreendemos o momento de vida de cada ser humano e nos tornamos mais humanos com os erros dos outros, bem como os nossos próprios erros.

Somos levados a um estado de consciência nunca antes experimentado. Deus nos cura, de nosso passado errado, de nosso presente talvez defeituoso e molda nosso coração de forma a sermos mais humildes em todos os momentos e em todos os lugares.

Deus trabalha em nós, como um escultor que esculpe sua escultura – o trabalho é árduo e lento, mas o resultado é compensador.

Deus nos vê como somos, mas acima de tudo, ele vê todo nosso potencial.

Relacionado:

3 Elementos-Chave para que ocorra uma cura pelo poder do Sacerdócio