“Todas as coisas mostram que existe um Deus”, declarou há muito tempo, um profeta. Alma, esse profeta a quem conhecemos no Livro de Mórmon, continua: “sim, até mesmo a Terra e tudo que existe sobre sua face, sim, e seu movimento, sim, e também todos os planetas que se movem em sua ordem regular testemunham que existe um Criador Supremo” (Alma 30:44).


Deus é o governante Todo-Poderoso do universo

Por meio de Seu filho Jesus Cristo, Deus criou os céus, a Terra e tudo que neles existe (ver Moisés 2:11). Fez a lua, as estrelas e os sistemas solares. Organizou esse mundo, deu-lhe forma, movimento e vida. Encheu o ar e a água com coisas vivas. Cobriu os montes e as planícies com todos os tipos de vida animal. Deu-nos o dia e a noite, o verão e o inverno, o tempo de semear e o tempo de colher. Ele é o Pai de nossos espíritos e habita nos Céus (ver Mateus 6:9). Somos criados à Sua imagem e Ele nos pôs como governantes sobre Suas criações (ver Gênesis 1:26-27).

Deus é o Ser supremo e absoluto em quem cremos e a quem adoramos. Ele é o Criador, o Governante e o Protetor de todas as coisas.

A natureza de Deus

Por sermos feitos à Sua imagem, sabemos que Ele tem um corpo físico que se parece com o nosso. Seu espírito eterno está em um corpo tangível de carne e ossos (ver Doutrina e Convênios 130:22). O corpo de Deus, contudo, é perfeito e glorificado, com uma glória que vai além de qualquer descrição.

Deus é perfeito. É um Deus de amor, misericórdia, caridade, verdade, poder, fé, conhecimento e julgamento. Possui todo o poder. Conhece todas as coisas. É cheio de bondade. Todas as coisas boas vêm de Deus. Tudo o que Ele faz é para ajudar Seus filhos, ou seja, a cada um de nós, indiscriminadamente, a se tornarem como Ele é: um Deus perfeito. Ele disse: “eis que essa é minha obra e minha glória: levar a efeito a imortalidade e vida eterna ao homem” (Moisés 1:39).

Nosso caminho à vida eterna

Como Pai dos nossos espíritos, Deus conhece a cada um de nós pessoal e nominalmente. Ele nos ama mais do que podemos compreender. Toda a Sua obra é feita para nos ajudar a encontrar felicidade nesta vida e para nos guiar a viver com Ele novamente. Para tanto, nosso Pai Celestial proporcionou um plano chamado “o evangelho de Jesus Cristo”, um guia baseado na vida e os ensinamentos de seu Filho, Jesus Cristo.

Vejamos o que disse o próprio Salvador:

“E a vida eterna é essa: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (João 17:3).

A Expiação de Jesus Cristo é o ponto central do evangelho. A Expiação inclui Seu sofrimento no Jardim do Getsêmani e também Seu sofrimento e morte na cruz. Por meio da Expiação podemos ser libertados do fardo de nossos pecados e desenvolver fé e forças para enfrentar nossas provações.

Deus fala conosco

Desde o início, o Pai Celestial tem chamado profetas para pregar Sua palavra e fornecer o Seu plano para Seus filhos na terra. Os ensinamentos dos profetas são encontrados em livros sagrados chamados “escrituras” (Amós 3:7).

O propósito de nossa vida terrena é muito maior do que ver passar um dia após outro. Estamos aqui para ganharmos um corpo, aprendermos, crescermos e encontrarmos alegria, muito embora a vida, às vezes, seja como conhecemos bem: muito dura, solitária e até assustadora. Mas sabem o que tenho aprendido? O Pai Celestial SEMPRE está ao nosso lado. Ele chora quando sofremos e Se alegra quando fazemos o que é certo. Ele quer Se comunicar conosco, por isso nos pede que oremos a Ele. Eis outra coisa que tenho aprendido por mim mesma: o Pai Eterno sempre está pronto para nos confortar, dar paz e orientação em todo e qualquer momento de nossas vidas.

Como podemos conhecer a Deus?

  1. Acreditando que Ele existe e que nos ama (ver Mosias 4:9);
  2. Estudando as escrituras (ver II Timóteo 3:14-17);
  3. Orando a Ele (ver Tiago 1:5);
  4. Obedecendo a todos os Seus mandamentos da melhor maneira possível (ver João 14:21-23).

Se fizermos todas essas coisas, conheceremos a Deus e teremos, por fim, a vida eterna.

Para pesquisar o significado de palavras pouco conhecidas, por favor, visite nosso Glossário clicando aqui.