Presidente Nelson deixa o conselho perfeito para os mórmons frustrados por não serem perfeitos

Presidente Nelson e sua esposa

Um conselho perfeito para lidarmos com nossas imperfeições

Como Santos dos Últimos Dias – somos muitas vezes os nossos piores críticos. Nós nos esforçamos tanto para alcançar os padrões que nos ensinam através do evangelho, mas quando nos desviamos ou tropeçamos, às vezes esquecemos que também precisamos ser pacientes e perdoar a nós mesmos.

O presidente Russell M. Nelson compartilhou o conselho perfeito no Facebook para os mórmons que são muito duros consigo quando se trata de erros e falhas:

Vocês ficam aborrecidos com as próprias imperfeições? Por exemplo, já esqueceram as chaves dentro do carro? Ou já foram a um lugar para realizar uma tarefa e ao chegarem lá esqueceram o que queriam fazer? (A propósito, problemas dessa natureza não desaparecem à medida que ficamos mais velhos.)

Por enquanto, peço-lhes que não desanimem achando que não conseguirão tornar-se perfeitos como o Senhor espera. Vocês devem ter fé para saber que Ele não exigiria um desenvolvimento além de sua capacidade. Obviamente, vocês devem esforçar-se para corrigir hábitos ou pensamentos indevidos. A superação da fraqueza traz grande alegria! Vocês podem alcançar certo grau de perfeição em alguns aspectos da vida. E podem tornar-se perfeitos na observância de vários mandamentos.

Mas o Senhor não estava necessariamente pedindo que sua conduta fosse irrepreensível e perfeita em todas as coisas. Mais do que isso. Esperava que alcançassem todo o seu potencial: tornar-se como Ele é! Isso inclui o aperfeiçoamento do corpo físico, que será modificado e assumirá um estado imortal, em que não poderá deteriorar ou morrer.

Assim, ao buscarem sinceramente seu contínuo aprimoramento na vida terrena, lembrem-se de que sua ressurreição, exaltação e perfeição só lhes advirão na esfera vindoura. Essa preciosa promessa de perfeição não teria sido possível sem a Expiação e o exemplo do Salvador.

 

post do presidente Russel M Nelson quando ficamos frustrados por não sermos perfeitos - crítica pessoal

Artigo escrito no site LDSLiving.com. Traduzido do Inglês

| Inspiração
Publicado por: Esdras Kutomi
Formado em SI, mórmon, gosta de RPG e Star Wars, lê artigos científicos por diversão, e se diverte mais com crianças ou idosos do que com pessoas de sua idade.
Por Que Não Me Casei Com Um Missionário Retornado
Anne Frank
O Evangelho de acordo com Anne Frank

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *