Não é todo dia que alguém pode cair 30 metros e voltar a escalar menos de seis meses depois.

“Há uma razão pela qual não foi a minha hora. A maior coisa que eu percebi é que eu tenho um propósito aqui e agora”, disse Brig Murdock, um membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, a St. George News.

A recuperação de Murdock foi “uma experiência de mudança de vida e inspiradora para ele”, Agora, ele está se preparando para servir uma missão de tempo integral.

Murdock, tem 22 anos e estava trabalhando como um guia de escalada em uma viagem com dois turistas no sul de Utah, em Agosto de 2017, quando ocorreu sofreu a queda. Depois de utilizar uma técnica chamada belaying, (uma técnica onde um alpinista usa pontos de ancoragem para evitar uma grande queda) para descer os turistas até o fundo de um desfiladeiro em Birch Hollow, foi sua vez de descer. Então ele acidentalmente se apoiou em uma corda que não estava presa em nada, caindo uma queda livre de 30 metros.

“Por alguns segundos, eu não sabia se eu ia resistir”, disse Murdock “Mas depois de alguns segundos, eu comecei a respirar, e pude ouvir as pessoas do meu grupo gritando”.

“Eu olhei para o céu e disse: “Pai celestial, me tire daqui”, disse Murdock.

Milagres

Por sorte, ele caiu em uma pilha de lama. Foi um milagre após o outro, disse ele. Uma das turistas era uma enfermeira que cuidou  dele, e de alguma forma eles tinham sinal de rádio mesmo no fundo do desfiladeiro.

Quando ele finalmente foi transportado de avião para o Centro Médico Regional de Dixie em St. George na manhã seguinte, uma ressonância magnética mostrou que o alpinista tinha uma pelve fraturada e uma fratura nas costas, além de vários arranhões e hematomas. Mas nada que ele não conseguisse se recuperar completamente, disse Murdock .

Ele passou apenas 28 horas no hospital e saiu com muletas e um aparelho imobilizador para sua coluna. Nenhuma cirurgia ou fisioterapia foi necessária durante sua recuperação.

Missão

Murdock está se preparando para sua próxima grande meta de vida: servir uma missão de tempo integral por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Atualmente ele está servindo uma missão de curto prazo para a Igreja “onde ele disse que geralmente usa a história de seu acidente para ensinar pessoas em uma prisão estadual da Califórnia perto de San Diego.”

Este artigo foi traduzido do Inglês: DeseretNews

Relacionado:

O Sinal Que Deus Me Deu Depois de Cumprir uma Missão Mórmon de Dois Anos