Todos têm uma lista do que procuram em um relacionamento. Algumas listas são boas, outras são horríveis.

Falei com algumas moças que admitiram que recusariam um bom rapaz se ele fosse mais baixo do que elas. Ou se ele não fosse um estudante de medicina.

E conheci rapazes que nunca sairiam com uma moça se ela não fosse bem magra. Ou se ela não fosse uma missionária retornada.

Em vez de se concentrar naquilo que você não deve incluir nas suas listas, quero me concentrar em 6 coisas que todos os Santos dos Últimos Dias deveriam incluir em sua lista sobre relacionamentos.

É importante lembrar que esses atributos e características são desenvolvidos ao longo do tempo. Não seja irrealista e não espere por alguém que seja perfeito em todas essas coisas.

Em vez disso, procure alguém que se esforça para desenvolvê-los e vive tais princípios.

“Sugiro que você não ignore os muitos candidatos possíveis que ainda estejam desenvolvendo essas qualidades, em seu anseio de encontrar um que já se tenha aperfeiçoado nelas.

Não é provável que encontre essa pessoa perfeita e, caso a encontre, com certeza ela não estará interessada em você. Essas qualidades são melhor lapidadas em conjunto, como marido e mulher.”

– Élder Richard G. Scott

  1. Alguém que é fiel a Deus

Este sinal é muito importante.

A maioria das pessoas acha que eles precisam colocar seu cônjuge em primeiro lugar, mas Deus é quem realmente precisa ser o número um. Isso os fundamentará nos princípios base da honestidade, fé, sacrifício, perdão e, acima de tudo, seu compromisso em manter suas promessas.

Você não só precisa encontrar alguém que coloca Deus em primeiro lugar, mas alguém que não vai se chatear por você colocar Deus à frente dela/dele. Em todas as coisas, nossos convênios com Deus devem vir em primeiro lugar.

Pergunte a si mesmo, se eu morresse, esta pessoa criaria minha família na fé? Um grande segredo em casamentos bem-sucedidos é algo chamado triângulo matrimonial, Deus está no topo e marido e mulher estão nos cantos inferiores. A medida que marido e mulher se aproximam de Deus, eles se aproximam mais um do outro.

Casais felizes colocam Deus em primeiro lugar. Depois de Deus, seu cônjuge deve, com certeza, estar em segundo lugar. Nada nem ninguém, somente com exceção de Deus, deve ficar entre você e seu cônjuge.

Muitos da Geração do Milênio são egoístas e colocam suas vontades a frente das outras pessoas, até mesmo a frente de Deus. Esta atitude destruirá qualquer relacionamento. Casamentos duradouros têm homens e mulheres que colocaram Deus em primeiro lugar e seus cônjuges a frente de suas vontades. Eles se perdoam, servem, amam e desejam fazer seu cônjuge se sentir feliz e amado.

Então, quando encontrar aquela pessoa que coloca Deus em primeiro lugar e você em segundo lugar, você encontrou a pessoa certa.

“Acredite que sua fé tem tudo a ver com o seu relacionamento, porque eles estão fortemente interligados. Há perigo em separar o namoro do discipulado.”

 – Élder Jeffrey R. Holland

  1. Alguém que quer se casar no templo

Durante os anos, sempre me lembrei de como cantávamos sobre famílias eternas, “as famílias poderão ser eternas.” A palavra-chave é “poder”.

O primeiro passo para ter uma família eterna é se casar com alguém no templo. Portanto, é imperativo que você mantenha a sua dignidade para frequentar ao templo e ir tantas vezes ao templo quanto as circunstâncias permitam.

Se você não tem uma recomendação agora, fale com o seu bispo. Estabeleça uma meta para se casar no templo e não comprometa o que você realmente quer para sua eternidade com o que você pode querer no momento.

Namore com alguém que também quer se casar no templo. Satanás vai tentá-lo a namorar com aqueles que não podem se casar com você no templo. Namorar mesmo assim é brincar com o fogo.

Sim, pode ser que você se sele no templo mais tarde. Mas se você se casar voluntariamente fora do templo, você está brincando com a sua exaltação; pois a exaltação é uma recompensa por cumprir com o seu convênio matrimonial no templo.

É melhor namorar por mais tempo para que ambos possam estar dignos e o casamento possa acontecer no templo.

Se você é digno de um casamento no templo, mas não teve a oportunidade de se casar no templo nesta vida, Deus irá proporcionar uma oportunidade no milênio.

Nenhuma bênção será negada por falta de oportunidade! Mas você pode negar a si mesmo essas bênçãos ao não se casar no templo, ou ao não cumprir com os convênios feitos no templo. Por isso, mantenha-se digno de um casamento no templo, e não se contente com menos.

“Não menospreze a sua felicidade ao se envolver com alguém que não pode dignamente o levar ao templo. Tome a decisão agora de que este é o lugar onde você vai se casar.”

– Presidente Ezra Taft Benson

  1. Alguém que o ame por quem você é

Seu futuro cônjuge deve inspirá-lo a ser melhor do que você é. Mas esta pessoa deve estar completamente apaixonada por você exatamente do jeito que você é agora. Não deve estar apaixonada por um você do “futuro”, que perdeu 15 quilos, ou que parou de ser nerd, mas por quem você é atualmente.

Um dos maiores erros que as pessoas solteiras cometem é pensar que elas precisam mudar “algo” para encontrar a pessoa certa. Não consigo dizer quantos rapazes vão para a academia para ganhar um corpo para encontrar uma moça.

O seu futuro cônjuge vai amar você por completo!

Sim, esta pessoa deve inspirá-lo ser alguém melhor, mas nunca vai exigir que isso aconteça. Esta pessoa vai aceitá-lo e amá-lo com todos as suas manias. Vai amá-lo por quem você é, do jeito que você é agora.

O amor dessa pessoa não se baseia na sua aparência, mas em quem você realmente é. Vai amá-lo à medida que crescer e mudar ao longo do tempo. Quando encontrarmos alguém que nos ama assim, encontramos nosso eleito(a).

“Escolha o seu amor e ame a sua escolha.”

– Presidente Thomas S. Monson

  1. Alguém que persevere

Se você acha que essa vida de namorar é difícil, saiba que não é nada comparado com os desafios do casamento. Fazer um casamento funcionar requer… trabalho.

Se você se casar com alguém que sempre desiste das coisas, há uma boa chance dessa pessoa desistir de você quando a situação ficar difícil. Alguns sinais de alguém que tem uma boa saúde física, emocional e espiritual são:

  • Como estão as suas finanças?
  • Eles estudam ou trabalham?
  • Como cumprem com seus chamados?
  • E como cuidam de seu corpo físico?

Para os homens, é de vital importância que estejam dispostos a se sacrificarem para ser o provedor do lar.

Ele está se sacrificando para mostrar o seu valor e esforço em seu ambiente de trabalho ou na faculdade? Ele está aprendendo as habilidades necessárias para ser pai? Ele tem dívidas? Ele cuida da casa sem se reclamar? Ele lava a louça? Leva o lixo para fora?

Um dos maiores testes de ética profissional de um homem está nesta simples pergunta: Ele está construindo ativamente e alegremente o reino de Deus através do ensino no lar e honrando o sacerdócio que possui?

Para as mulheres, estão buscando educação? Estão se preparando para ser mãe e dona de casa? Estão aprendendo as habilidades básicas para administrar uma família? Sabem fazer um orçamento? Cozinhar? É uma ilusão pensar que ser uma dona de casa é simples ou fácil.

É algo que requer mais do que a maioria dos empregos. E as habilidades e talentos? Ela está os desenvolvendo? Ela canta ou toca um instrumento? Ela está aprendendo novas habilidades? Semelhante aos homens, o aspecto mais importante de sua ética é manifestado por seus esforços para construir ativamente o reino de Deus, ministrando e magnificando seus chamados.

Pergunte-se também sobre a sua ética emocional, quando as coisas ficam difíceis ou estressantes a pessoa se fecha e desiste? Ou aperta o cinto e trabalha durante a época de dificuldade? Quando fica doente, como reage?

Estas são apenas algumas das perguntas que podem ser feitas sobre sua saúde física, espiritual e emocional.

“O trabalho deve voltar a ser enaltecido como o princípio governante da vida dos membros da Igreja.”

Presidente Heber J. Grant

  1. Alguém que seja respeitoso

Nos encontros, muitas vezes as pessoas mostram o seu melhor. A forma como o tratam enquanto tentam conquistar você será a coisa mais perfeita que já fizeram. Então, se o homem não abre portas ou se a moça é meio esquentadinha, você precisa entender que isto é o melhor que essa pessoa pode ser.

Da mesma forma, você não pode basear a genuinidade de uma personalidade somente pela maneira que tratam você. Pois estão tentando impressioná-lo. Em vez disso, veja como tratam as pessoas em quem não possuem nenhum interesse.

Normalmente, as pessoas se esforçam para se mostrarem as melhores pessoas durante um encontro. Por isso, é importante conhecê-los em um nível mais pessoal, para que você consiga ver sua reação com a família e amigos.

Pergunte-se: eles respeitam a família? Mãe? Pai? E as crianças? Como eles tratam as pessoas com necessidades especiais? São respeitosos com quem já namoraram? Ou eles falam mal dessas pessoas? Como tratam os colegas de quarto? Como tratam os que estão em uma posição mais baixa que eles no trabalho, ou que os servem em restaurantes?

Ao vê-los nestas situações e responder a esses tipos de perguntas, você pode avaliar com precisão se alguém é educado ou se está fingindo ser legal.

“Se você quer saber como um homem é veja como ele trata os inferiores, e não os seus iguais.”

Sirius Black (Harry Potter e o Cálice de Fogo, J.K. Rowling)

  1. Alguém que quer ser mãe/pai

O Presidente Benson ensinou que “a exaltação é uma paternidade e maternidade eterna.” Nesse contexto, é loucura pensar que há algo maior nesta vida do que ser mãe/pai.

O próprio título de Pai Celestial e Mãe Celestial deve dar crédito à exaltada posição de paternidade e maternidade. Nos céus, as únicas pessoas que conservam o status de pai e mãe são os que foram exaltados.

Então procure alguém que se esteja se preparando para ser mãe ou pai. É fácil ser pego na armadilha de procurar o menino mais bonito ou a menina mais magra. Mas procure uma mulher que esteja se preparando para ser esposa ao invés de namorada. E procure um homem que esteja se preparando para ser um pai ao invés de namorado.

“Não há um papel mais importante na vida de um homem do que o de marido e de pai. Da mesma maneira, não há um papel mais importante para uma mulher do que o de esposa e de mãe.”

Presidente Russell M. Nelson

Conclusão

É bom ter uma lista de coisas que você quer encontrar em outra pessoa, mas o grande segredo é que você também possua tais atributos. Nas palavras de um Apóstolo:

“Se quiserem se casar com uma pessoa íntegra, atraente, honesta, feliz, trabalhadora e espiritual, sejam esse tipo de pessoa.”

– Élder Robert D. Hales.

Fonte: mylifebygogogoff.com

Relacionado:

Devo casar com alguém que amo mas não apoia minha religião?