Hoje é o grande dia! Fãs jovens e velhos estão se preparando para testemunhar a conclusão épica da saga Skywalker em Star Wars. Embora os filmes mais recentes tenham deixado os fãs divididos, não há como negar a emoção e o falatório que rodeia este filme ansiosamente aguardado. Para muitos de nós, Star Wars tem sido uma parte constante da nossa cultura desde que éramos muito jovens. Eu ainda me lembro claramente das festas de Halloween com meus amigos, em que cada um de nós ia vestido como um personagem diferente da série, e brincando e desafiando um ao outro para duelar com nossos sabres de luz.

Muitos dos nossos líderes, à medida que crescíamos, sabiam do nosso profundo amor pelo universo Star Wars, e muitas vezes comparavam os princípios do evangelho com os eventos dos filmes de Star Wars, muitas vezes nos deixando surpresos ao saber que os nossos filmes favoritos poderiam realmente ser espirituais também. Aqui estão alguns princípios importantes ensinados tanto no Evangelho como em Star Wars para te animar mais ainda com o lançamento do filme:

Há uma “força” invisível, mas muito real, que guia a nossa vida diária

No universo de Star Wars, há uma “força” especial que molda e guia a vida de todos os seres vivos. Certos indivíduos têm a capacidade de moldar e usar esta “força”, mas este poder é reservado a indivíduos muito especiais. A Força, como é chamada, é invisível, mas está presente em todos os lados, criando oportunidades e soluções quando surgem dificuldades. Isto é muito semelhante à nossa ideia de nosso Pai Celestial e do Espírito Santo. Embora não possamos vê-Los neste momento, sentimos Sua influência em nossas vidas diárias, e por meio da oração podemos receber orientação adicional.

Raiva e ódio levam a caminhos obscuros

Um tema recorrente do universo de Star Wars é como a raiva e o ódio levam a caminhos destrutivos. Quer seja a queda de Anakin Skywalker e a sua transformação em Darth Vader, ou o ódio de Kylo Ren pelo seu pai que o leva à sua queda para o Lado Negro, o universo de Star Wars deixa bem claro que a raiva e o ódio conduzem a caminhos de destruição. O Livro de Mórmon ensina muitos princípios semelhantes a este, e que o “espírito de discórdia não é meu, mas é do diabo, que é o pai da discórdia” como Cristo diz em 3 Néfi 11:29.

A redenção é sempre possível

Juntamente com o conselho encontrado em Star Wars, de que não podemos permitir a presença de ódio e raiva em nossas vidas, há um forte elemento de redenção que é encontrado ao longo dos filmes. Uma das cenas mais emblemáticas da franquia Star Wars é a redenção de Darth Vader quando ele decide salvar seu filho, Luke, derrotando seu mentor maléfico e mestre Darth Sidious. Embora o momento de redenção de Darth Vader seja breve, o conceito de se voltar à luz por um instante é algo ensinado através do Evangelho de Jesus Cristo. Na história de Alma, o filho, a visita de um mensageiro celestial rapidamente desfez anos de raiva contra a Igreja e Deus e rapidamente o trouxe de volta à luz de Cristo.

Os pequenos e simples são capazes de coisas incríveis

Um último princípio que é compartilhado no universo de Star Wars e o evangelho é que por coisas pequenas e simples são grandes são realizadas. Muitos dos heróis do universo de Star Wars vêm de origens simples e despretensiosas. O grande herói, Luke Skywalker, foi criado num pequeno planeta e parecia não ter nenhum elemento do extraordinário. Mas sua linhagem é tudo menos que comum, e à medida que ele aprende sobre seu potencial e capacidade, ele alcança coisas incríveis. Muitas vezes em nossas vidas, podemos sentir que somos pequenos e insignificantes dentro de um todo, mas se nos lembrarmos de que somos literalmente filhos do Criador do Universo, nós percebemos o quanto somos realmente capazes de fazer e também a capacidade que temos de influenciar o mundo para o bem.

Então, se você é um fã dos filmes ou não, não há como negar o impacto cultural que o universo de Star Wars teve em tantas vidas, e as incríveis lições de vida que ensinou a tantos de seus fãs. Que a Força esteja com você!

Fonte: LDS Daily

Relacionado:

Como Star Wars foi Influenciado por um santo dos últimos dias