Conheça o artista santo dos últimos dias por trás de Olaf, do filme Frozen

Hyrum Osmond é um homem muito modesto.

Em um vídeo lançado pela Walt Disney Animation Studios em março, Hyrum se apresentou como um dos supervisores de animação de Frozen. Ele se tornou conhecido como o homem por trás da criação de Olaf, o adorável boneco de neve nos filmes de animação. Mas se você assistir qualquer vídeo ou ler qualquer entrevista com Hyrum, você vai notar que ele sempre deixa bem claro que Olaf foi um resultado do esforço de toda uma equipe.

“Há uma equipe de artistas incríveis em que todos trabalham juntos para realmente criar este personagem e eu tive a sorte de ser capaz de liderar isso e ajudar a definir quem Olaf é”, diz Hyrum em um vídeo onde ele ensina às pessoas como desenhar o personagem.

Mas desde que o mundo entrou em quarentena em março, a Disney lançou mais de 20 vídeos em uma série chamada “At Home With Olaf”, e quase todos eles incluíram o seguinte na descrição do vídeo: “criado em casa por Hyrum Osmond. Dublado de casa por Josh Gad.” E o próprio Josh Gad, que é conhecido por ser a voz do querido personagem, identificou repetidamente Hyrum como o homem por trás da magia.

No mês passado, Osmond, pai de quatro filhos e filho de Virl Osmond, foi entrevistado pela Entertainment Weekly sobre como “At Home with Olaf” foi criado. Ele explicou que ele apresentou a ideia de explorar o que Olaf faz “quando ele não está salvando o mundo com Anna e Elsa”, muito antes de todos nós também ficarmos “em casa.” Ele recebeu a aprovação da diretora de Frozen, Jennifer Lee, e de Clark Spencer, o presidente da Walt Disney Animation Studios, storyboards para episódios que se tornariam curtas digitais com uma condição.

“Eu tinha que fazer tudo. Não havia recursos para mim. Eles disseram: “Só vai.” E eu fui… Então tudo mudou.” Como a COVID-19 começou a afetar o fluxo de trabalho, a equipe de Osmond se focou nos curtas de “Olaf em casa”, que obtiveram 8,7 milhões de visualizações em pouco mais de um mês e os vídeos se tornaram complexos.

Mas mesmo desde o primeiro vídeo, as pessoas adoraram a série. Um comentário no YouTube com 893 curtidas diz: “O fato de que algo com esta qualidade é feito em casa é incrível.”

Osmond disse à Entertainment Weekly que trabalhar em casa tem seus desafios e que ele está feliz que a série se tornou um sucesso.

“É uma época muito interessante agora, especialmente com quatro crianças correndo pela casa. Pode ser um pouco barulhento e é possível perder a concentração. Mas está dando certo e sou grato por isso”, diz ele.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

6 lições do evangelho que aprendemos com “Frozen”

 

| Entretenimento

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *