“A verdadeira tarefa do Natal é gravar o Espírito de Cristo em nosso coração” disse o Élder Gary E. Stevenson do Quórum dos Doze Apóstolos durante um almoço de Natal patrocinado pelo capítulo Salt Lake da BYU Management Society.

Realizada no Little America Hotel no centro de Salt Lake City no dia 5 de dezembro, o evento anual reuniu os membros e líderes empresariais do capítulo para ouvir uma mensagem de Natal do Élder Stevenson.

“Na vida profissional que eu tinha, eu estava envolvido no desenvolvimento, na fabricação e comercialização de equipamentos fitness, tanto aeróbico como anaeróbico”, ele disse. “Os equipamentos aeróbicos, como esteiras, bicicletas estacionárias e máquinas elípticas são produtos projetado para fortalecer o coração.”

Monitores cardíacos espirituais

O Élder Stevenson explicou que sua empresa envidou muitos esforços para permitir que os usuários dos equipamentos s conseguissem medir os níveis de condição e atividade do coração. Seja incorporado na máquina ou por meio da tecnologia wearable, o equipamento foi desenvolvido para fornecer informações associadas com o coração de uma pessoa.

“Imagine algo por um momento. E se houvesse uma maneira de medir a condição do coração de uma pessoa no contexto espiritual, conforme descrito nas escrituras?” ele perguntou. “Como faríamos isso? O que o ‘monitor cardíaco’ nos diria se ele monitorasse nosso coração espiritual? Parece que, se professamos ser discípulos de Jesus Cristo, logo Seu amor deve ser escrito em nosso coração”.

Utilizando as escrituras, o Élder Stevenson compartilhou as palavras de Paulo aos Coríntios, no novo testamento onde se lê:

“Vós sois a nossa carta, escrita em nossos corações, conhecida e lida por todos os homens: Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo, não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração. (2 Coríntios 3:2-3).

“Verdadeiras epístolas de nossa vida não se encontram em publicações no Facebook, em blogs ou no Instagram. Elas não estão nem mesmo em nossos diários. Nossa epístola está em nosso coração, colocadas lá em parte por nossos desejos e intenções, em grande parte por nossos atos”, ele disse.

A verdadeira felicidade vem por meio do espírito de Cristo, que incentiva o amor fraternal, a bondade e a amizade.

Reconhecendo que Natal parece ser uma época apropriada para contemplar a saúde do coração de uma pessoa, o Élder Stevenson convidou os ouvintes a considerar como eles podem monitorar a saúde, vitalidade e atividade de seu coração espiritual.

“Considerem alguns dos seus comportamentos diários como seu ‘monitor de frequência cardíaca’ — uma métrica da saúde do seu coração espiritual”, ele disse.

Citando as palavras do Presidente Howard W. Hunter compartilhadas durante o devocional de Natal da Primeira Presidência em 1994, o Élder Stevenson continuou:

“Apaziguem uma briga. Procurem um amigo esquecido. Ponham de lado a suspeita, substituindo-a pela confiança. Escrevam uma carta. Deem uma resposta branda. Incentivem os jovens. Manifestem sua lealdade em palavras e atos. Cumpram uma promessa. Abandonem um rancor. Perdoem um inimigo. Desculpem-se. Tentem entender. Avaliem suas exigências em relação aos outros. Pensem antes em outra pessoa. Sejam bondosos. Sejam gentis. Riam um pouco mais. Expressem sua gratidão. Deem boas-vindas a um estranho. Alegrem o coração de uma criança. Sintam satisfação pela beleza e maravilhas da Terra. Expressem seu amor e, depois, tornem a expressá-lo”.

O Élder Stevenson também compartilhou lembranças pessoais do Natal em sua juventude. Embora ele se lembre de alguns dos presentes que recebeu ao longo dos anos, o que se destaca são as lembranças dos presentes que ele deu.

Seja enquanto jovem preparando cestas de Natal para as viúvas e outros membros de sua ala, ou seguindo a tradição que ele e sua esposa começaram quando eles se tornaram pais de providenciar um Natal a uma família necessitada, as memórias dos presentes trazem um sentimento de alegria em seu coração.

“Como Presidente Monson ensinou, ‘Para sentir o verdadeiro espírito do Natal basta sentir o Espírito de Cristo’,” disse ele.

O Élder Stevenson também compartilhou o que o Presidente Benson declarou certa vez em dezembro de 1985: “Sem Cristo não haveria Natal. Sem Cristo não haveria a plenitude da alegria.”

Por causa do conhecimento de um Salvador, todas as pessoas são capazes de vivenciar a plenitude da alegria.

O maior presente que uma pessoa pode dar, disse o Élder Stevenson, é “o reflexo do amor que sentimos pelo Salvador que pode ser manifesto em nossos pensamentos e nossas palavras e — talvez mais importante — em nossas obras que vêm diretamente do coração”.

Escrito por Marianne Holman Prescott e traduzido por Luciana Fiallo Alves

Fonte: www.deseretnews.com

Relacionado:

A Mensagem de Natal da Primeira Presidência