Dúvidas e Perguntas

Não é errado ter dúvidas e perguntas sobre a história, as doutrinas e os líderes da Igreja. Também não é errado ir atrás de respostas a essas perguntas. O desejo e a ação de esclarecer dúvidas e perguntas foi o que resultou na restauração desta Igreja. O Presidente Dieter F. Uchtdorf lembrou-nos há anos de que a Igreja e seus líderes não são perfeitos.

“E para ser perfeitamente honesto, houve ocasiões em que membros ou líderes da Igreja simplesmente cometeram erros.  Talvez tenha havido algo que foi dito ou feito e que não estava em harmonia com nossos valores, princípios, ou nossa doutrina.”

Expectativa x Realidade

Repito, não é errado ter dúvidas e perguntas. O que é errado sim é quando elas nos impedem de ter nossas crenças influenciadas por fontes espirituais.

O problema é que, como o evangelho ensina, a única maneira de ter uma resposta concreta e duradoura relativa a assuntos espirituais é recebendo um testemunho espiritual que aborda a nossa pergunta. Então, logicamente (perceba a ironia), se apenas buscarmos provas acadêmicas modernas para respostas, é provável que não as encontremos. É o equivalente a ir a um restaurante de uma cadeia de fast-food que serve comida mexicana e esperar ser servido com comida mexicana autêntica. Não há nada errado com os restaurantes de fast-food de comida mexicana; eles podem ter itens no menu chamados tacos e burritos, mas se você quiser comida mexicana de verdade, terá que buscar uma fonte mais confiável.

O Élder Dallin H. Oaks disse muito bem em um artigo de A Liahona de 2001:

“Existem pessoas cuja abordagem intelectual no tocante às coisas espirituais deixou-as espiritualmente desnutridas e vulneráveis às dúvidas e temores. (…) As coisas de Deus precisam ser aprendidas à maneira Dele, por meio da fé em Deus e da revelação do Espírito Santo.”

O Filtro Ideal

Dê uma olhada no diagrama abaixo. É uma representação visual do que muitas vezes acontece quando um membro ou não membro encontra dúvidas e perguntas perturbadoras sobre alguns aspectos da Igreja, ou das religiões em geral.

As Informações (de qualquer tipo) caem no filtro acima (pontos pretos) e bom seria se passasse através de cada nível do filtro ao cair, até a crença refinada sair pela parte inferior. É assim que deveria ser.

Mas, muitas vezes nós  permitimos que essas informações passem direto pelas três primeiras camadas do filtro antes de recolhermos do outro lado do funil. Nossas crenças “refinadas” então têm base apenas em pesquisas acadêmicas, fontes modernas e provas tangíveis.

Claro, provas e pesquisas são ótimas fontes de conhecimento e sempre devem ser consideradas. Não são as fontes ruins, mas apenas essas fontes não são suficientes para responder às dúvidas e perguntas que pertencem às esferas espirituais.

Tipos de Provas

Existem vários outros tipos de provas que precisamos considerar:

Antigas: Só porque uma ideia ou crença é antiga, não quer dizer que não é verdade.

Revelação: Quando tiver dúvidas e perguntas, busque revelação. Não menospreze essa fonte! O papel do Espírito Santo é testificar da verdade, mas normalmente precisamos perguntar primeiro. Muitas pessoas se afastam da Igreja porque param de considerar as revelações passadas e presentes.

Testemunhas: Muitas vezes consideramos as testemunhas que vão para o lado da oposição, mas quantas vezes dispensamos as testemunhas oculares que mais promovem a fé?

Testemunho: Toda semana as pessoas prestam testemunho daquilo em que acreditam. O testemunho é outro fator que devemos considerar.

Proféticas/apostólicas: Simplesmente porque nós temos dúvidas e perguntas sobre a Igreja não significa que devemos desconsiderar o que os líderes da Igreja têm a dizer sobre elas. Eles abordam tópicos difíceis e muitas vezes falam sobre como lidar com as dúvidas e perguntas que temos. Estamos ouvindo o que eles dizem?

Conclusão

E daí?

Então, se tivermos dúvidas e perguntas sobre detalhes da história da Igreja ou só nos perguntarmos se é realmente necessário ir a sociedade de socorro toda semana, precisamos ter a certeza de que estamos considerando todas as fontes de verdade, inclusive as espirituais.

Escrito por David Snell e traduzido por Luciana Fiallo.

Fonte: mormonhub.com

Relacionado:

Quando Sinto Que Minhas Dúvidas Estão Corroendo Minha Fé