Ao término da última sessão da conferência geral anual da Igreja de nº 188, Russell M. Nelson, Presidente de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, anunciou planos de construção de sete novos templos.

Os templos serão nos seguintes locais:

  • Salta, Argentina
  • Bangalore, Índia
  • Managua, Nicarágua
  • Cagayan de Oro, Filipinas
  • Layton, Utah
  • Richmond, Virgínia
  • Rússia (cidade a ser determinada)

“Queremos deixar os templos mais próximos ao crescente número de membros da Igreja”, disse o Presidente Nelson. “Meus queridos irmãos e irmãs, a construção desses templos pode não mudar a sua vida, mas certamente o tempo que vocês passarão no templo mudará. Nesse espírito, eu os abençoo para que identifiquem o que podem deixar de lado para passar mais tempo no templo. Eu os abençoo com mais harmonia e amor no lar e com um desejo mais profundo de cultivar seu relacionamento familiar eterno.  Eu os abençoo com mais fé no Senhor Jesus Cristo e com mais capacidade de segui-Lo como Seus verdadeiros discípulos.”

A Igreja chegou à Rússia no final do século XIX e foi oficialmente reconhecida em maio de 1991. A primeira estaca na Rússia foi organizada em Moscou em junho de 2011 pelo então Élder Russell M. Nelson. A Rússia tem mais de 23.000 santos dos últimos dias.

Sobre Templos

Os santos dos últimos dias consideram os templos a “casa do Senhor”, os lugares mais sagrados na terra. Templos diferem das capelas onde todos são bem-vindos para participar das reuniões de domingo. No templo, os ensinamentos de Jesus Cristo são reafirmados por meio do casamento do batismo e de outras cerimônias que unem as famílias para a eternidade.

Fonte: Mormonnewsroom

Para ficar por dentro de todas as notícias da Igreja publicadas por meios oficiais e ler histórias inspiradoras de pessoas que compartilham seu testemunho e tópicos de estudo sobre vários princípios do evangelho, curta nossa página no Facebook e en outras redes sociais. Não se esqueça de ativar as notificações.

Outros anúncios:

Ministrar substituirá os programas de Mestres Familiares e Professoras Visitantes