Conferência Geral Mórmon

Há um segredo pouco conhecido sobre os Mórmons. A cada seis meses, os líderes da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (o verdadeiro nome da igreja que os Mórmons pertencem) recebem instruções de seus líderes e são orientados a passar o próximo meio do ano estudando essas mensagens e obedecendo a elas. Você quer descobrir quais suas instruções “secretas” são – o que os mórmons estarão fazendo nos próximos seis meses?

Assista à Conferência Geral Mórmon

Sim, os Mórmons dão as suas instruções “secretas” direto na televisão e na Internet, onde qualquer um, absolutamente qualquer um, pode ouvi-los. Em seguida, eles publicam e fazem vídeos no YouTube de todos eles… e todo mundo no mundo iteiro pode descobrir o que os Mórmons foram instruídos a fazer este ano.

Veja como isto funciona. Todos os anos, os primeiros fins de semana de abril e outubro, a conferência é realizada em Salt Lake City, Utah, sede dos Mórmons. Há duas sessões no sábado e duas no domingo. Além disso, há reuniões para os homens, para mulheres e para as adolescentes. Durante essas reuniões, a maioria das quais duram duas horas, os líderes masculinos e femininos da igreja internacional discursam. Não lhes são atribuídos tópicos. Em vez disso, eles são convidados a orar por inspiração para descobrir o que Deus quer que eles falem. Os Mórmons acreditam que cada pessoa tem o direito a revelação pessoal a respeito de sua própria vida e responsabilidades. Uma vez que cada tópico vem através da inspiração, é particularmente instrutivo prestar atenção aos temas escolhidos. Estas são as coisas que Deus quer que você pense nos próximos meses. Se um tópico é falado por mais de uma pessoa, a maioria dos Mórmons dá ainda maior atenção, isso provavelmente significa que Deus realmente quer que você preste atenção a esse assunto em particular.

O profeta Mórmon fala várias vezes durante a conferência, embora algumas sejam apenas uma breve boas-vindas e anúncios. Um discurso importante é proferido a cada conferência e os Mórmons prestam especial atenção a este discurso. O atual profeta Mórmon, Thomas S. Monson, freqüentemente fala sobre servir aos pobres ou sobre fazer escolhas sábias. Muitos oradores têm temas que são especialmente importantes para eles e em que eles são conhecidos como uma espécie de especialista. No entanto, eles falam sobre esses temas apenas quando inspirados a fazê-lo.

Muitos dos oradores são apóstolos. Os Mórmons organizam sua igreja no mesmo padrão estabelecido por Jesus Cristo, quando Ele estava na Terra. Não houve necessidade de um profeta, enquanto Jesus serviu o seu ministério, mas Ele escolheu doze apóstolos para ajudá-lo no trabalho e dar testemunho Dele. Uma vez que Ele se partiui, os apóstolos continuaram a funcionar como profetas, videntes e reveladores. Ao estudarmos o Novo Testamento, vemos que estes apóstolos ensinaram muitas coisas que Jesus não havia ensinado durante sua vida ou que não foram registrados. Quando surgiram desacordos sobre a doutrina, eles resolviam isso com respostas inspiradas. Apóstolos são profetas, videntes e reveladores.

No entanto, só pode haver uma pessoa que recebe revelação para toda a igreja e ele é a pessoa que chamamos de profeta. Nos tempos do Antigo Testamento, havia muitos profetas, cada um ensinando o que era necessário para o seu tempo específico na Terra. Infelizmente, depois que os apóstolos morreram, o mundo caiu em apostasia. Um número relativamente pequeno de cristãos trabalhou duro e se sacrificaram muito, até mesmo sua vida para manter o cristianismo vivo. No entanto, sem um profeta, não havia ninguém com autoridade para resolver as divergências que surgiram sobre as diferenças doutrinárias. Ninguém estava autorizado a falar por Deus. Conselhos se reuniram e colocaram a doutrina em votação porque não tinham um profeta. Reformadores que viam a igreja cair em apostasia fizeram o melhor que podiam para colocar as coisas do jeito que achavam que deveria ser, mas nunca afirmaram ser profetas. Eles simplesmente interpretaram a Bíblia como conscientemente possível. Os Mórmons ensinam até mesmo seus filhos a honrar estes primeiros cristãos e os reformadores protestantes.

Embora os fiéis esforços para descobrir o que Deus quer são admiráveis, a Bíblia nos mostra que Deus planejou que nós aprendessemos as verdades eternas através dos profetas. É por isso que, como os últimos dias da Terra se aproximam, Deus restaurou os profetas.

É claro que ter um profeta é inútil se você não sabe o que ele está ensinando ou se você ignora o que ele diz. As pessoas do Velho Testamento geralmente tinham profetas, mas freqüentemente negligenciavam em descobrir o que eles estavam ensinando ou preferiam ignorar qualquer coisa que não se encaixava com suas políticas, escolhas de estilo de vida, ou desejos. Quando Noé advertiu sobre o dilúvio iminente, as pessoas o ignoraram. Quando a chuva começou, já era tarde demais. O profeta estava lá e ele estava ensinando a palavra de Deus… mas as pessoas falharam em fazer as escolhas que lhes permitiam beneficiar desses ensinamentos.

A conferência Geral dá aos Mórmons uma oportunidade para descobrir o que as mensagens de Deus são para eles. Assim como com as pessoas no tempo de Noé, se temos um profeta, temos a responsabilidade de ouvir o que eles têm a dizer. Raramente você vai ouvir a terra emanar revelações. Na maioria das vezes, estamos simplesmente sendo lembrados de que já sabemos ser verdadeiro. Verdades básicas não mudam. Nós geralmente não precisamos de revelações, só precisamos começar a fazer o que Deus já nos ensinou. Precisamos melhorar a nossa compreensão dos princípios anteriormente revelados e precisamos receber energia renovada para seguir em frente com nosso progresso eterno.

Os Mórmons que assistem à conferência são encorajados a tomar nota especial daquelas coisas que eles especialmente precisam em suas próprias vidas e também a convidar o Espírito Santo dizer o que é especialmente aplicável a eles. Pessoas que não são Mórmons podem fazer a mesmas coisas, e também podem usar esse tempo para aprender sobre o Mormonismo por eles mesmos, ter uma noção de quem são os líderes e compreender melhor as suas prioridades. Apesar de alguns poucos discursos serem destinados às pessoas que não são Mórmons, a maioria dos discursos (sermões) são destinados para os Mórmons, dessa forma, você verá apenas o que os reais Mórmons são convidados a acreditar e fazer.

Você pode assistir on-line sem nenhum custo e sem registro.

 

 

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *