Carta da Primeira Presidência: Casamentos “para esta vida” no templo são descontinuados

Em uma carta de 24 de maio dirigida às Autoridades Gerais, Dirigentes Gerais, Setentas de Área, presidentes de estaca, missão, distrito, templo, bispos e presidentes de ramo, a Primeira Presidência anunciou que os casamentos civis não serão mais realizados no templo.

É importante salientar que os casamentos “para esta vida” só aconteciam nos templos dos EUA e de alguns outros países, onde somente é necessário o casamento civil ou religioso – que aconteciam no templo, mas não como um casamento eterno.

O Church News explica que “os casamentos para somente esta vida mortal nos templos aconteciam para aqueles que já haviam sido selados com um cônjuge que faleceu, de acordo com o Manual Geral da Igreja (ver 27.3.3). Essas pessoas precisavam cumprir com os mesmos requisitos para um selamento no templo – incluindo uma recomendação válida para o templo para ordenanças próprias e uma licença para se casar. O casamento civil no templo somente não era autorizado para membros que estavam no processo de cancelamento de selamento ou de autorização de selamaneto, se acordo com o manual.”

A carta, assinada pelos Presidentes Russell M. Nelson, Dallin H. Oaks e Henry B. Eyring, diz:

“Um templo de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a casa do Senhor. É um lugar sagrado de adoração onde indivíduos fazem convênios sagrados com Deus e recebem as bênçãos prometidas. Tais convênios e bênçãos são eternos por natureza.

Devido à natureza eterna do templo e do trabalho que é feito nele, foi decidido que não serão mais realizados casamentos civis no templo. No caso de os cônjuges desejarem o casamento civil, e o selamento não seja contemplado ou possível, o casal é encorajado a convidar seu bispo ou presidente de estaca – onde for legalmente possível – para oficiar a cerimônia de casamento.”

Fonte: LDS Living

| Notícias

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *