Irmã Aburto: Ser filhas de Deus é uma verdade que nos empodera

O 15 de outubro de 1989, sempre será uma data especial para a irmã Reyna I. Aburto, este dia mudou sua vida completamente. E tudo começou no momento em que ele escolheu se aproximar do Salvador.

Naquela época, a irmã Reyna, de 26 anos, morava em São Francisco, Califórnia, e acabara de passar pelo doloroso fim de seu primeiro casamento. Durante esse tempo difícil, ela experimentou sentimentos de desesperança, desespero e medo.

Tudo isso mudou depois que sua mãe, que já havia se encontrado com um casal de missionários sêniores, convidou Reyna para ir a Igreja com ela.

A irmã Aburto tinha assistido a missas católicas quando criança, mas quando entrou naquele centro de reuniões de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias para uma conferência de estaca, ficou surpreendida, nunca tinha visto algo parecido.

Ela descreveu aquele momento como um sentimento maravilhoso, um sentimento de amor, esperança e paz, uma luz que dissipou a escuridão que havia cercado seu coração. Cada mensagem ressoou em sua alma e ela soube que aquilo era exatamente o que ela desejava para sua vida.

Ela começou a se encontrar com os missionários e a seguir o caminho que a levaria ao Salvador e que, por sua vez, lhe daria a oportunidade de convidar muitas pessoas em todo o mundo para conhecer o Senhor.

Anos mais tarde, quando o Élder Quentin L. Cook soube que a irmã Aburto, que atualmente atua como a Segunda Conselheira da Presidência Geral da Sociedade de Socorro, participou dessa conferência, percebeu que ele era seu presidente de estaca.

Quando lhe contou aquele detalhe, seu coração se encheu de gratidão.

“Quando soube que ele tinha sido [meu] presidente da estaca, eu disse: ‘Sou muito grata por tudo o que ele fez para que eu pudesse sentir o Espírito naquela reunião, naquele dia minha vida mudou’. Eu não fazia ideia que ele fazia parte daquela experiência. Foi um milagre para mim“, disse ela em uma entrevista para o LDS Living.

A Sociedade de Socorro é uma das maiores organizações femininas do mundo, com mais de 7,5 milhões de membros de acordo com o Church News. A irmã Aburto sabe o impacto que uma reunião da igreja pode ter.

“Nunca se sabe quem nos visitará pela primeira vez. Essa pessoa precisa ser nutrida, precisa ter amigos e precisa ter um apelo”, ela disse, referindo-se a um dos ensinamentos do presidente Gordon B. Hinckley.

Em seu novo livro, “Reaching for the Savior”, a irmã Aburto compartilha experiências de sua vida que a levaram a buscar o Salvador e momentos em que Ele a apoiou. Ela testifica dos anjos, em ambos os lados do véu, que a guiaram ao Senhor ao longo de sua vida

“O Senhor nos prometeu que nos enviará anjos, e é verdade. Às vezes eu posso sentir essa força, as palavras que chegam à minha boca sem sequer saber de onde elas vêm, o amor que vem dos céus e por meio de outras pessoas. Ele envia anjos, e eu posso testificar sobre isso, e é por isso que estou aqui. Estou aqui por todos os anjos que me apoiaram”.

“Unidas apesar das nossas diferenças”

Este ano marca o quarto ano que a irmã Aburto serve junto com a presidente Jean B. Bingham e a irmã Sharon Eubank. Cada membro da Presidência Geral da Sociedade de Socorro oferece uma ampla variedade de experiências que representam as muitas irmãs da Igreja de Jesus cristo.

Para destacar apenas algumas delas:

A presidente Bingham teve problemas de infertilidade e depois de anos tomou a decisão de se tornar mãe adotiva.

A irmã Eubank tem anos de experiência trabalhando nos programas humanitários da Igreja, também atua como diretora do LDS Charities e tem uma conexão especial com as irmãs solteiras da Igreja.

A irmã Aburto é uma membro conversora hispânica e conhece a dor e os desafios que vêm de um divórcio.

“Às vezes pensamos que devemos ser iguais. É claro que devemos estar alinhados com a vontade do Senhor. Precisamos ter objetivos semelhantes na vida, mas precisamos perceber que essas diferenças são realmente as que nos tornam mais fortes”.

A presidência da Sociedade de Socorro muitas vezes brinca dizendo que mesmo as cores de seus cabelos são diferentes, porém a irmã Aburto ressalta que o que faz com que a Igreja tenha tanto sucesso é que cada pessoa é única, e que são essas experiências singulares que nos edificam e impulsionam a seguir em frente.

A irmã Aburto observou que viver a lei de consagração pode se manifestar nas coisas boas que fazemos em nossa vida.

Imediatamente depois de ser chamada à Presidência Geral da Sociedade de Socorro, a irmã Aburto orou para sentir amor pelas irmãs e por todos os membros da Igreja. Essa oração foi respondida em abundância.

E, embora a pandemia tenha mudado a maneira como ela se reúne com os Santos dos Últimos Dias de todo o mundo, ela disse que, em certo sentido, as reuniões virtuais permitiram que ela se sentisse mais próxima dos membros.

“Quando você está em um grande centro de reuniões, você vê que há pessoas na parte de trás e você enxerga seus rostos muito bem. De certa forma, [reuniões virtuais] são mais pessoais, embora não possamos nos abraçar ou beijar na bochecha, no entanto, é algo pessoal de uma maneira diferente“.

Toda vez que a irmã Aburto interage com irmãs de toda a Igreja, ela as encoraja a pensar na Sociedade de Socorro como mais do que apenas um salão em um prédio ou mais do que uma hora de aula a cada duas semanas. As irmãs sempre são parte da Sociedade de Socorro.

“Todas nós pertencemos e todos somos necessárias e devemos confiar no Senhor, que desenvolveu esta organização. Isso nos ajudará a saber quem somos e o que devemos fazer para manter nossos convênios ou nos preparar para fazer convênios. Isso nos ajudará a ser mais conscientes em nossos esforços para fazer o bem em todo o mundo“.

Além disso, a irmã Aburto compartilhou uma verdade que toda mulher Santo dos Últimos Dias deveria saber.

“Toda mulher é importante. Toda mulher é uma filha de Deus, só temos que acreditar nisso e ser empoderadas por este conhecimento“.

Fonte: LDS Living

| Inspiração

Comente

Seu endereço de e-mail não será divulgado. Os campos obrigatórios estão marcados com *