Mack Wilberg, maestro do Coro do Tabernáculo na Praça do Templo, leva muito a sério o seu trabalho de liderar os “missionários musicais” da Igreja. Sua paixão pela música e pelo evangelho brilha por meio de tudo o que ele faz, incluindo o primeiro álbum de hinos do coro em quase dez anos, Let Us All Press On.

O que você lembra sobre a primeira vez que regeu o Coro do Tabernáculo?

Eu ainda era um membro do corpo docente da BYU, e um dos corais que regia foi convidado para participar durante a Música e Palavras de Inspiração. É bastante trabalhoso por causa do tamanho do grupo e também por causa do próprio Tabernáculo de Salt Lake. É ótimo, mas é um desafio, e você realmente tem que fazer ajustes na maneira que você ouve porque é muito diferente.

Qual foi a reação à mudança de nome do coro?

É um nome icônico, e o entendemos pelo mesmo Espírito pelo qual a mudança foi feita. Estamos muito satisfeitos com a maneira que as pessoas receberam a mudança de nome. Na verdade, acho que teve muito pouco impacto no que fazemos, e pareceu ser uma transição bastante suave.

Por que é que a música é uma ferramenta tão poderosa?

Eu tenho uma teoria, e é totalmente uma teoria, mas eu acho que nós temos este sentido musical inato dentro de nós, porque todos no mundo respondem de uma maneira ou de outra à música. Todos têm fones de ouvidos. Grande parte da música que as pessoas estão ouvindo não são coisas que eu gostaria de escutar, mas todos respondem à música de uma certa forma. Eu acho que a música é uma parte de todos nós, e nós respondemos a ela de maneira que muitas vezes não respondemos a outros meios de comunicação. A música pode ir diretamente para a nossa alma, se permitirmos. Acho que deve ser por causa de algo que trouxemos conosco.

Existe algo que poucas pessoas sabem sobre você?

Fui missionário na Coreia do Sul, por isso adoro o kimchi. O coro me deu um pote de kimchi no meu aniversário. Quando o abri em casa, os meus filhos que ainda moram comigo fugiram da sala.

Que reação espera das pessoas sobre o novo álbum do coro?

O título do álbum é Let Us All Press On (Que prossigamos todos juntos), mas o subtítulo é “Hinos de Louvor e Inspiração”. Acho que mesmo que os hinos sejam mais meditativos, queremos que haja alegria e também motivação, conforto ou consolo. A primeira faixa do CD é “Firmes Segui”, e queremos que o ouvinte sinta que eles podem continuar a prosseguir em frente.

Que música você escuta para se inspirar?

Música dos mestres compositores. Mas eu também tenho uma coleção de CDs e de livros, e eu ouço coisas bastante desconhecidas — compositores que certamente não seriam nomes muito famosos. Estou sempre buscando algo. Sou muito curioso, mesmo na minha idade.

Que conselho daria aos músicos em perspectiva?

Estejam preparados quando a oportunidade bater em sua porta. Como você se prepara? Você trabalha muito duro e você busca conhecimento para que quando a oportunidade chegar, você esteja preparado para se candidatar para a oportunidade ou ser capaz de dizer: “eu posso fazer isso.” Você tem que estar preparado e ter pago o preço para se qualificar para a oportunidade.

Fonte: LDS Living

Relacionado:

A música como uma grande fonte de cura