A Costa Rica é o segundo adversário do Brasil na Copa do Mundo de 2018. E o que você sabe sobre esse belo país?

História

A Costa Rica é um dos países democráticos mais consolidados da América, e é o único país da América Latina incluso na lista das 22 democracias mais antigas do mundo.

Oficialmente República da Costa Rica, é um país da América Central, com 4,8 milhões de habitantes, limitado a norte pela Nicarágua, a leste pelo mar do Caribe, a sudeste pelo Panamá e a oeste pelo oceano Pacífico. É também costarriquenha a Ilha do Coco, no mesmo oceano. A capital é San José, cidade essa que projeta o país no cenário internacional emprestando seu nome e tendo sido sede da elaboração do Pacto de San José da Costa Rica, mais conhecido como a Convenção Americana de Direitos Humanos de 1969. A capital do país é sede ainda da Corte Interamericana de Direitos Humanos, órgão competente para julgar as graves violações de direitos humanos ocorridas nos países signatários, tendo como clássico exemplo o caso da Guerrilha do Araguaia.

Possui 96% de sua população alfabetizada, tendo uma expectativa de vida de 78 anos. Esses indicadores são comparáveis ao de países desenvolvidos. Atualmente seu Índice de Desenvolvimento Humano é o sétimo melhor da América Latina e o segundo da América Central. Em 2010 o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) destacou que a Costa Rica está entre os poucos países que tem alcançado um maior desenvolvimento humano comparado com outros países ao mesmo nível de receita per capita.

A Costa Rica ocupa o quinto lugar a nível mundial na classificação do Índice de Desenvolvimento Ambiental de 2012 e o primeiro lugar entre os países do continente americano. Na classificação do Índice de Competitividade em Viagens e Turismo de 2011 a Costa Rica ficou no 44º lugar em nível mundial e em segundo na América Latina, superado somente pelo México.

A Costa Rica foi descoberta e, provavelmente, batizada por Cristóvão Colombo, em sua quarta viagem à América, em 1502. Havia na região cerca de trinta mil indígenas, divididos em três grupos: güetares, chorotegas e borucas. Encontrados os primeiros indícios de ouro, usado em ornamentos indígenas, os espanhóis planejaram um núcleo de colonização sob o comando de Bartolomé Colombo, irmão do descobridor. Expulsos logo a seguir pelos indígenas, só conquistaram a região em 1530. Antes de tornar-se província da capitania-geral da Guatemala, em 1540, Costa Rica chamava-se Nova Cartago. Os limites demarcatórios foram fixados entre 1560 e 1573.

A Costa Rica tornou-se independente em 15 de setembro de 1821 e três anos depois uniu-se, por pouco tempo, ao México. Em 1824 passou a integrar a Federação Centro-Americana, dissolvida em 1838. Durante a administração do general Tomás Guardia, que governou despoticamente o país entre 1870 e 1882, a Costa Rica atingiu notável desenvolvimento econômico. Incrementou-se o comércio de açúcar e café, construíram-se ferrovias e abriram-se portos para escoar a produção. As plantações de banana, controladas a partir de 1899 pela United Fruit Co., passaram a rivalizar em importância econômica com as de cana-de-açúcar e café. Em 1890 tornou-se presidente José Joaquín Rodríguez; sua eleição foi considerada a primeira inteiramente livre e sem fraudes na América Latina e inaugurou uma tradição de democracia na Costa Rica.

O voto direto foi instituído no país em 1913.

Esportes

O futebol é o esporte mais popular do país. O país conta com importantes clubes de futebol que participam de competições da CONCACAF. Os principais clubes da Costa Rica são Saprissa, Club Sport Herediano, Liga Deportiva Alajuelense e o Cartagines. Na natação tem sua maior atleta, a nadadora Claudia Poll, dona de 3 medalhas olímpicas sendo uma de ouro em 1996 em Atlanta e 2 de bronze em Sydney em 2000, sua irmã, Silvia Poll, também detém uma medalha de prata olímpica conquistada também na natação, nos Jogos de Seul 1988.

Em 2014, a seleção costarriquenha conseguiu seu maior feito no futebol ao se consolidar como a maior surpresa da Copa do Mundo do Brasil 2014, classificando-se em primeiro lugar no grupo D, considerado o mais forte do Mundial, que contava com os campeões mundiais Inglaterra, Uruguai e Itália. A seleção da Costa Rica terminou sua participação na Copa do Mundo de forma invicta, sendo eliminada apenas nas quartas de finais pela Holanda, na disputa de pênaltis. Atualmente a seleção costa-riquenha de futebol masculino ocupa o 13º lugar no Ranking da FIFA.

A Igreja de Jesus Cristo na Costa Rica

A Primeira Presidência autorizou o Presidente Arwell L. Pierce, da Missão Mexicana, a incluir a Costa Rica em sua missão em Julho de 1946. Ele visitou o país em setembro do mesmo ano, permanecendo na casa de H. Clark, um membro da Igreja que viva lá.

Os primeiros missionários, os Élderes Robert B. Miller e David D. Lingard, chegaram à Costa Rica na mesma época no início de Setembro. Eles apresentaram ao presidente da República uma cópia do Livro de Mórmon: Outro Testamento de Jesus Cristo. Os missionários deixaram a Costa Rica em 1948 para evitar uma revolução nacional, mas voltaram a tempo de desfrutar de uma celebração do Dia dos Pioneiros com os membros da Igreja em 24 de Julho de 1949.

A primeira conferência da Igreja no país foi realizada em 7 de Junho de 1950, e cerca de 70 pessoas estavam presentes. Um ramo foi organizado em 25 de Agosto de 1950, e a propriedade da primeira capela foi comprada em 1951.

Durante a década de 1950, a Igreja cresceu lentamente, com várias visitas de Autoridades Gerais. Em 1952, a Missão da América Central foi organizada à parte da Missão Mexicana. Em 1965, a missão Guatemala-El Salvador foi organizada e incluiu a Costa Rica. A Missão da Costa Rica foi organizada em 20 de Junho de 1974.

A primeira conferência de distrito foi realizada em Agosto de 1968, com 296 pessoas presentes. A Estaca San José Costa Rica foi criada em 20 de Janeiro de 1977, com Manuel Najera Guzman como presidente, e um mês depois a conferência da área foi realizada em San Jose. Naquela época, havia 3.800 membros no país.

O Presidente Gordon B. Hinckley visitou a Costa Rica em 29 de janeiro de 1997 e falou com cerca de 7.000 membros. Ele também visitou o presidente da Costa Rica, José Maria Figueres, em seu escritório em San Jose.

Atualmente há em Costa Rica quase 49 mil membros, distribuídos em 80 congregações, 1 templo, 2 missões e 14 centros de história da família.

Templo de San Jose

O templo de San Jose foi anunciado em 17 de Março de 1999. A abertura de terra se deu pouco mais de um mês depois, em 24 d Abril e no ano seguinte, em 04 de Junho foi dedicado.

Fonte: MormonNewsroom

Relacionado:

A Copa do Mundo chegou! Conheça mais sobre os mórmons na Rússia