Profeta Thomas MonsonO Presidente Thomas S. Monson, Presidente da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, o Profeta de Deus, contou a seguinte experiência sobre como usou o Livro de Mórmon para ajudar alguém:

Há muitos anos, encontrava-me à cabeceira de um jovem pai que estava entre a vida e a morte. A esposa, transtornada, e os dois filhos do casal também estavam por perto. Ele segurou minha mão e, com um olhar de súplica, disse: “Bispo, sei que estou prestes a morrer. Diga-me o que vai acontecer com meu espírito depois”.

Orei em silêncio pedindo orientação celestial e avistei em sua mesa de cabeceira a combinação tríplice das escrituras. Peguei o livro e comecei a folheá-lo. Subitamente me dei conta de que, sem querer, chegara ao capítulo 40 de Alma, no Livro de Mórmon. Li as seguintes palavras para ele:

“Eis que me foi dado saber por um anjo que o espírito de todos os homens, logo que deixa este corpo mortal (…) é levado de volta para aquele Deus que lhes deu vida.

E (…) o espírito daqueles que são justos será recebido num estado de felicidade, que é chamado paraíso, um estado de descanso, um estado de paz, onde descansará de todas as suas aflições e de todos os seus cuidados e tristezas” (Alma 40:11–12).

Continuei a ler sobre a Ressurreição e com isso o rosto daquele jovem homem brilhou e um sorriso esboçou-se em seus lábios. Ao terminar a visita, despedi-me dessa família tão querida.

Pouco tempo depois, vi a esposa e os filhos no funeral. Sempre me lembro daquela noite em que um homem suplicou para conhecer a verdade e, por meio do Livro de Mórmon, ouviu a resposta a sua pergunta.

O Presidente Monson continuou:

O Livro de Mórmon contém muitas outras promessas, inclusive promessas de paz, liberdade e bênçãos se “apenas [servirmos] ao Deus da terra, que é Jesus Cristo” (Éter 2:12).

Em suas páginas lemos a promessa de “felicidade sem fim” para aqueles “que guardam os mandamentos de Deus. Pois eis que são abençoados em todas as coisas, tanto materiais como espirituais” (Mosias 2:41).

Em suas páginas está a promessa de “incomensurável alegria” para quem se tornar “um instrumento nas mãos de Deus” para resgatar Seus filhos preciosos (Alma 28:8; 29:9).

Em suas páginas está a promessa de que a Israel dispersa será coligada — um trabalho no qual estamos envolvidos por meio de nosso grandioso trabalho missionário mundial (ver3 Néfi 16; 21–22).

Em suas páginas está a promessa de que se orarmos ao Pai no nome sagrado de Jesus Cristo nossa família será abençoada (ver 3 Néfi 18:21).

O Presidente Monson disse que ao estudarmos as páginas do Livro de Mórmon presenciaremos o cumprimento da promessa de que “haverá em [nossa] vida e em [nossa] casa mais do Espírito do Senhor, uma determinação mais firme de obedecer a Seus mandamentos e um testemunho mais forte da realidade viva do Filho de Deus”.

Ele concluiu dizendo:

Com os demais profetas modernos, testifico da veracidade deste que é o “mais correto de todos os livros da Terra”, sim, o Livro de Mórmon, outro testamento de Jesus Cristo. Sua mensagem é para o mundo inteiro e leva seus leitores ao conhecimento da verdade. Presto testemunho de que o Livro de Mórmon muda a vida das pessoas. Que todos nós o leiamos e releiamos. E, com alegria, prestemos testemunho de suas promessas preciosas a todos os filhos de Deus.

Essa mensagem foi publicada na revista A Liahona de outubro de 2011 “Mensagem da Primeira Presidência – Promessas preciosas do Livro de Mórmon” Para ler a mensagem original clique aqui.